As estrias são afecções dermatológicas com causa multifatoriais como a obesidade, período gestacional, estados infecciosos, comprometimento hormonal, entre outros fatores.

Inicialmente apresentam-se inflamadas, podendo ser visivelmente avermelhadas, depois passam a ser violáceas e por fim, branco-nacaradas. O resultado disto são fibras elásticas desfragmentadas.

Para tratar estrias, é necessário estimular os fibroblastos a sintetizarem fibras elásticas e colágenas a fim de regenerar a atrofia tecidual – é exatamente aí que o Eletrolifting trabalha.

A técnica de eletrolifting consiste em um aparelho que trabalha com corrente em microamperagem, transmitida para a estria através de uma agulha muito fina na ponta de uma caneta. Esta corrente irá promover uma inflamação em todo comprimento da estria para estimular formação de colágeno no local, reparando a área estriada e deixando-a com a aparência mais próxima do normal.

Com poucas sessões, é possível obter resultados satisfatórios e o bem-estar consigo mesma.

Contra Indicação:

• Pessoas com alergia a níquel (metal)

• Pessoas com problemas de cicatrização e quelóide

WhatsApp chat